segunda-feira, novembro 27, 2006

Sento-me com medo de me ajoelhar...
vejo-te aí, uma vez mais,
na simplicidade de um Pão que se parte e reparte
e eu faminto, aqui estou, perto de Ti.
não sei o que Te dizer pois sabes tudo,
conheces os meus silêncios,
os meus medos,
a minha noite e o meu dia...
Sim,
Tu que me inquietas e me provocas,
Tu que fizeste de mim um simples pescador...
sabes bem que às vezes sinto o medo de lançar as redes,
chego a pensar que não vale a pena...
às vezes ficar na praia é bem mais confortável!
Mas Tu és mais forte e desarmas a minha angústia,
as minhas canseiras e desânimos
com a beleza do Teu amor,
com o silêncio da Tua presença
com a ternura da Tua misericórdia.

Obrigado por seres assim
Meu Deus,
meu Cristo,
meu Senhor...

(Pampilhosa [Mealhada], 25/11/2006 01h17)

3 comentários:

Maria João disse...

Obrigado Jesus por existires!

Obrigado pela Tua Dolorosa Paixão!

Obrigado por Estares connosco até ao fim dos tempos!

igo... disse...

Gostei muito do que li, gostei tmabém muito do ter conhecido pessoalmente. Até uma proxima. Abraço, Gonçalo

elsa nyny disse...

Amigo!!!
Venho trazer-te mais um pedacinho da minha amizade!!1
Adorei as tuas palavras!
E não fiques na praia...vai para o mar e lança as redes, que Ele sempre há-de ajudar-te a que tragam sempre alguna coisa!!!
Obrigado por este momento!!!

Beijinhos!!!
:)))