quarta-feira, setembro 26, 2007

indeciso?...

Uma vez mais a Mafalda...
Quantas vezes a nossa vida não é conduzida pela "doce indecisão" vamos caminhando sem saber para onde, com quem,..mas vamos! Num tempo às vezes tão frágil, demagógico e incoerente há que ousar, não ter medo...
Para mim só há um remédio para a indecisão: a ORAÇÃO, é dela que brota a convicção. Nasce aqui também a acção, que assim não é a mera agitação de quem tem muitas coisas para fazer, mas antes o tornar real aquilo que Deus, em Jesus, pela força do Espírito me segredou ao coração.
Por isso, na ousadia de quem se faz peregrino, e como dizia S. Mello Breyner, diariamente "em cada gesto ponho solenidade e risco!".

5 comentários:

Ser sempre mais! disse...

Sem palavras...tocou!!!
beijo, Ida

ARL disse...

Senhor padre, é sempre muito bom ler as suas palavras, reflectir com o que escreve e rezar com os seus contributos para o 'coração de Deus'...
Abraço em Cristo, ARL

Fa menor disse...

Olá!
(retribuindo a visita, acho que já tinha estado aqui antes)

"a ORAÇÃO, é dela que brota a convicção" Gostei!

bjs

Fa-

Anónimo disse...

Acho que a indecissão é essencial, apesar de não ser fã dela, porque ajuda a crescer e a fortalecer as convicções, talvez fracas devido á pouca reflexão.
Por isso acho que a oração é importante, nunca compreendi para que servia, até bem pouco tempo.
Inacreditável não é... mas é verdade.
Que a Luz de Cisto nos ilumine nas nossas duvidas;)

J disse...

No coração de Deus,

Apesar de sermos uns indecisos por natureza, Ele segreda nos ao ouvido e guia nos sempre.
A oração é essencial, é o nosos recarregar as baterias.
Paro e rezo, e nesta paragem escuto-o, e assim quando retomar o caminho sigo O sempre.

Um grande beijinho e boas paragens em oração