sexta-feira, dezembro 25, 2009

Ele está...


Rompei em brados de alegria,
exultai ó puros de coração,

abram-se os olhos dos que cegaram no tempo

por entre escolhos de esperança desvanecida,

encham-se de ternura os corações pois Aquele que é,
que era e que vem
está no meio de nós.

cessem os gemidos dos sem rumo
,
para os sem-abrigo chegou a casa,
no desnorte dos viandantes Ele faz-se caminho,
por entre as mentiras do mundo
chega Aquele que é a Verdade.

Rompei
aleluias por entre os carreiros,
cantai glória a Deus, ó rudes e humilhados,
soe a vossa voz como trombetas por entre os montes,

Ele está no meio de nós
.

e vós todos os marginalizados,
vinde a Belém, vinde à porfia,
mesmo sem ritmo ou sem história para contar,

pois Ele quer fazer história convosco,
não apenas um somar de dias,

mas um hino permanente de amor
onde salvação e beleza,
ternura e compaixão
se hão-de entrelaçar para rasgar horizontes

é Ele, Aquele que é sempre Novo
que chega uma vez mais
e tu,
mesmo que duvides,
mesmo com medo,
mesmo em pecado,
vem...
...pois é em Ti que Ele
quer montar para sempre a Sua tenda.

1 comentário:

Clemens disse...

Sem palavras... Muito obrigado!

Um abraço.