sábado, novembro 22, 2008

o Cântico da manhã...

Ontem acordei e, como tantas outras vezes ultimamente, deu-me p'ra cantoria...pode parecer estranho, mas há dias assim, não sou capaz de calar o que me vai na alma...e a forma que tenho para melhor o dizer é cantar...


Gosto de me imaginar a cantar na gruta de Belém a ternura do meu Deus feito menino...


Gosto de acompanhar o Meu Cristo pelas estradas da Judeia e com Ele cantar os cânticos dos peregrinos...

Gosto de contemplar com Ele, na solidão da noite, o Rosto do Pai e cantar-lhe no silêncio de um coração agradecido...

Gosto de avistar com Ele as cidades dos homens e de, por entre as lágrimas, cantar o cântico do Deus que não desiste de amar até ao fim...
Gosto de subir ao Calvário, e com Maria e João, cantar a certeza de que quando O encontro descanso e reconforto a minh'alma...

Gosto de estar com Madalena na manhã da Ressurreição e cantar eternamente o hino do Amor Ressuscitado...

Por isso, durante a manhã procurei saborear o doce mel das palavras que o meu Deus me colocou no coração...procurei tecer com elas um hino simples de um coração agradecido e por isso lhe escrevi (cantando, sim já sei, só mesmo um louco como eu!)

Abre os meus lábios para cantar ao Teu nome
pacifica-me com a Ternura do Teu olhar,
enche-me da Paz da Tua cruz
e faz-me exultar de Alegria ao contemplar a Tua vitória
que nem a morte nem a vida me separem do Teu Amor,
reine em meu coração
Aquela paz que um dia deste aos Teus apóstolos
e no tempo da dor, da tristeza ou da enfermidade
visita-me com a Esperança que semeaste nas estradas da Galileia
para que, mesmo cansado ou oprimido,
eu sinta e saiba em quem pus a minha confiança
e como Job possa eu cantar eternamente a certeza
de que o Meu Redentor está vivo e no último dia
os meus olhos e a minha carne o hão-de contemplar...

por entre estas e muitas outras palavras,
que aqui não transcrevo do papel do meu diário de Peregrino,
lá fui cantando pela manhã:

"Seduziste-me Senhor, e eu me deixei seduzir
Numa luta desigual, dominaste-me Senhor,
e foi Tua a vitória"

2 comentários:

Ser sempre mais! disse...

oi, voltaste?!Que bom.
Bem essa música...
Acho que a consigo cantar na mesma versão tu.
Lembro a nossa temporada no Brasil em que esteve significativamente presente.
oh, como te compreendo!
abraço,

João Alves disse...

O senhor padre Luís a cantar!!! Bem, espero que arranjes uma música bonita para dignificar essa letra!

Boas Inspirações para que possas ser no teu ministério transparência do Essencial!